yazilimweb tasarim
Cinema documental - E agora? Lembra-me

Cinema documental – E agora? Lembra-me

Carregando mapa ....

Data / Hora
Date(s) - 19/04/2018
21:30 - 23:30

0

Localização
Fábrica De Alternativas

Categorias


Quinta-feira, 19 de Abril

 

E Agora? Lembra-me

Joaquim Pinto

Portugal, 2013

2h44m

 

Há quase duas décadas que Joaquim Pinto convive com o HIV e com o vírus da hepatite C. Reconhecido pela realização de “Uma Pedra no Bolso” (1988), “Onde Bate o Sol” (1989), “Das Tripas Coração” (1992), “Moleque de Rua” (1997) ou “Porca Miséria” (2007), pelo trabalho como engenheiro de som em inúmeros filmes e como produtor de João César Monteiro (“A Comédia de Deus”, “O Bestiário”) ou Teresa Villaverde (“A Idade Maior”, “Três Irmãos”), Pinto teve de se afastar da carreira no cinema devido à progressão da doença. Após anos de luta, decide regressar com esta obra que assina conjuntamente com Nuno Leonel, seu companheiro desde 1996. Através de um documentário confessional, que segue o seu “caderno de apontamentos” sobre um ano de ensaios com medicamentos experimentais iniciados em 2011, ele faz uma reflexão sobre “o tempo e a memória, as epidemias e a globalização, a sobrevivência para além do expectável, a dissensão e o amor absoluto”.

 

“E Agora? Lembra-me” teve a sua estreia internacional em 2013, no Festival de Locarno (Suíça), onde conquistou o Prémio Especial do Júri e o Prémio da Crítica Internacional (Fipresci). Desde então, foi apresentado em mais de uma vintena de festivais, onde recebeu várias distinções, entre elas o Grande Prémio Cidade de Lisboa no DocLisboa, o Prémio de Melhor Filme no Festival de Valdivia (Chile) e o Grande Prémio nos Encontros Internacionais do Documentário de Montréal (Canadá).

 

Pelas 20h, há jantar vegetariano (sob reserva).



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *