yazilimweb tasarim

26NOV2014 – Ciência Aberta – Aquecimento global antropogénico

Por: Rui Rodrigues (com a colaboração de Manuel Baptista)

A variabilidade natural do clima da Terra, a distintas escalas de tempo, é uma das suas características essenciais, devido a interacções entre as componentes do sistema climático e a factores que lhe são externos.
As variações climáticas resultam de alterações na composição química da Atmosfera, de variações da radiação solar que alcança a superfície terrestre, ou em modificações nos padrões de circulação geral do Atmosfera e dos Oceanos.
A revolução industrial contribuiu para emergir e acentuar todo um conjunto de atividades associadas à produção e ao consumo de energia, à agricultura, indústria e aos resíduos, num contexto de crescimento exponencial da população mundial.
Destacamos a queima de combustíveis fósseis associada à produção e ao consumo de energia, porque contribui entre 60% a 80% do total das emissões de Gases com Efeito de Estufa de origem antrópica.
Essas actividades têm originado elevadas e crescentes emissões de Gases com Efeito de Estufa. A partir de meados do século XX a sua concentração na Atmosfera (a mais elevada dos últimos 420 000 anos) ultrapassou a capacidade natural de remoção, resultando na amplificação do efeito de estufa natural.
O acréscimo do efeito de estufa está a conduzir ao aquecimento global antropogénico, isto é, à subida das temperaturas da superfície terrestre, devido a uma causa principal que provém das sociedades humanas (daí o termo antropogénico).



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *