yazilimweb tasarim

28NOV2014 – Jantar Crudivoro

Sexta-Feira 28 Nov. 20h30

Limitado a 30 Reservas
para: fabrica.de.alternativas@gmail.com

Experimentar novos sabores, sentir novos paladares.

O crudivorismo (ou alimentação viva) é um tipo de dieta em que os alimentos consumidos não são cozidos.
A alimentação crudívora, também chamada de “alimentação viva” ou “comida viva”, é uma forma de alimentação baseada em alimentos crus, fruta fresca ou seca (desidratada), vegetais, sementes, grãos germinados ou brotos como o trigo, arroz, cevada, centeio, aveia, lentilha, grão de bico, ervilha, alfafa e algas.
Nesta dieta, nada pode ser preparado ao fogo, por se acreditar que este tipo de preparação causa perda de nutrientes. Não quer dizer, necessariamente, que se comam apenas alimentos crus. Existem processos de preparação que quase não causam perda de nutrientes, como a desidratação dos alimentos.

Visão Científica: Os alimentos crus são ricos em enzimas. As enzimas são os incansáveis trabalhadores que levam os nutrientes às nossas células. Podemos dizer que a alimentação crua é uma alimentação enzimática. Segundo a teoria crudívora, ao cozermos os alimentos (a partir de +- 40°C), destruiríamos as enzimas. Se comermos alimentos crus, evitaríamos a destruição das enzimas que a comida contém, facilitando assim a digestão e evitando gastar as nossas próprias reservas.
Segundo o Dr. Edward Howell (um dos principais e o primeiro pesquisador das enzimas), a falta de enzimas na comida cozida é ainda uma das maiores razões do envelhecimento e morte precoce. É ainda a causa subjacente da maior parte das doenças.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *