yazilimweb tasarim

Ciclo Cinema- Fevereiro 2014 – Mudar de Vida

6 Fevereiro 2014

UMA ANDORINHA FEZ A PRIMAVERA
Une Hirondelle a Fait le Printemps
Christian Carion
França, 2002

Aos 30 anos, Sandrine (Mathilde Seigner), uma técnica de informática parisiense, decide deixar o seu emprego confortável, mas rotineiro, para se tornar agricultora, um sonho antigo mas até então sem concretização. Assim, deixa a cidade e parte para uma quinta numa zona rural, onde convive durante os primeiros meses com o ex-proprietário desta, Adrien (Michel Serrault), um velho agricultor que pretende deixar a actividade em breve. Sustentado sobretudo pela conturbada relação dos seus dois protagonistas, este filme de ficção proporciona um interessante olhar sobre o quotidiano campestre e assinala a estreia de Christian Carion na realização (Christian Carion realizou “Feliz Natal”, nomeado para o Óscar do Melhor Filme Estrangeiro).

13 Fevereiro 2014

A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER
The Unbearable Lightness of Being
Philip Kaufman
EUA, 1988

Nos anos 60 em Praga, Tomas (Daniel Day-Lewis), um médico totalmente apolítico, tem como hobby envolver-se amorosamente com diversas mulheres, evitando sempre compromissos. Mas duas mulheres, Sabina (Lena Olin), uma artista plástica, e Tereza (Juliette Binoche), uma empregada de mesa que sonha em ser fotógrafa, vão estar muito presentes na sua vida. Ao serem atingidos pelos acontecimentos de 1968, “A Primavera de Praga”, quando tanques soviéticos invadem a capital da ex-Checoslováquia para pôr fim a uma série de protestos, as suas vidas mudam para sempre.

20 Fevereiro 2014

O FABULOSO DESTINO DE AMÉLIE POULAIN
Le fabuleux destin d’Amélie Poulain
Jean-Pierre Jeunet
França, 2001

O filme conta a história de Amélie (Audrey Tautou), uma menina que cresceu isolada das outras crianças, porque o seu pai (Rufus) achava que a filha possuía uma anomalia no coração. A sua mãe (Lorella Cravotta) foi a sua professora até falecer, quando Amélie ainda era uma criança. Ao chegar à idade adulta, Amélie muda-se para o bairro parisiense de Montmartre, onde começa a trabalhar como empregada de mesa. Certo dia, encontra no seu apartamento uma caixa pertencente ao antigo morador, Dominique (Maurice Bénichou). Decide procurá-lo e entregar o pertence anonimamente. Ao notar que Dominique chora de alegria ao reaver o seu objeto, Amélie fica impressionada e adquire uma nova visão do mundo. Então, a partir de pequenos gestos, ela passa a ajudar as pessoas que a rodeiam, vendo nisto um novo sentido para a sua existência. Contudo, ainda sente falta de um grande amor.

27 Fevereiro 2014

DE TANTO BATER O MEU CORAÇÃO PAROU
De Battre mon Coeur s’est Arrêté
Jacques Audiard
França, 2005

Thomas (Romain Duris) tem 28 anos e está destinado a seguir os passos do pai (Niels Arestrup), no mundo corrupto dos negócios imobiliários. Mas um encontro inesperado leva-o a acreditar que pode tornar-se, à semelhança da mãe, pianista. Para tal, prepara-se para uma audição com a ajuda de uma virtuosa pianista chinesa, Miao Lin (LinhDan Pham). Ela não fala uma palavra de francês, por isso a música é a única forma de comunicação. Entretanto as pressões do mundo de trabalho são cada vez maiores e cada vez mais difíceis de suportar. O filme retrata os obstáculos que Thomas se vê obrigado a transpor quando decide abandonar uma vida de contravenções e dedicar-se a uma atividade que lhe traz prazer e realização.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *