yazilimweb tasarim

Ciclo de Cinema – Março 2014 – Actividades da Fábrica

O ciclo de Março é a primeira parte de um ciclo dedicado às oficinas e actividades da Fábrica de Alternativas. Actualmente, a Fábrica já partilha muitas oficinas e actividades e, por isso, este ciclo regressará noutro mês. Esta parte do ciclo é dedicada às actividades e oficinas em que a poesia e a literatura são protagonistas (por exemplo, Noites de poesia, Contadores de Histórias, a Biblioteca da Fábrica), às oficinas de Teatro e de Xadrez e à nova oficina de Italiano.

6 Março 2014

MINHAS TARDES COM MARGUERITTE
La tête en friche de Jean Becker
França, 2010, Comédia, 1h22

Germain (Gérard Depardieu) já passou há muito dos quarenta anos, leva uma vida pacata entre a caravana onde mora, a namorada e os amigos do café. Mal sabe ler. Mas a sua vida muda quando conhece, no parque onde vai todos os dias, Margueritte (Gisèle Casadesus), uma senhora idosa fora do comum, que começa a ler-lhe em voz alta. Nasce uma relação especial entre os dois e quando Margueritte perde a vista, Germain tem de fazer alguma coisa.

JEAN BECKER, filho de Jacques Becker, um dos grandes realizadores franceses do pós-guerra, nasceu em 1933 em Paris. Realizou os seguintes filmes:
Curtas metragens
1991 : Contre l’oubli
Longas metragens
1961 : Un nommé La Rocca
1964 : Échappement libre
1965 : Pas de caviar pour tante Olga
1966 : Tendre Voyou
1983 : L’Été meurtrier
1995 : Élisa
1999 : Les Enfants du marais
2001 : Un crime au paradis
2003 : Effroyables Jardins
2007 : Dialogue avec mon jardinier
2008 : Deux jours à tuer
2010 : La tête en friche
2012 : Bienvenue parmi nous
2014 : Bon rétablissement
Televisão
1965 : Les Saintes chéries
1994: Ne m’appelez pas petite

Entre 1966 e 1983, Jean Becker dedicou-se à realização de filmes publicitários.

“Eu não posso imaginar a vida sem emoções e, por isso, não posso imaginar um filme sem emoções. (…). Eu espero sempre que um espectador que entra na sala de cinema para ver um filme realizado por mim não saia com o mesmo estado de espírito com que entrou.”

SOBRE O FILME
“Tenho uma pessoa que procura temas para mim e que me fez ler este livro de Marie-Sabine Roger, “La tête en friche”. A partir do momento em que o li, fiquei encantado. Fui logo atraído pela personagem deste simpático homenzinho, abrutalhado, que sofre por ser pouco culto.”

13 Março 2014

CÉSAR DEVE MORRER
Cesare deve morire
Paolo Taviani, Vittorio Taviani
Itália, 2012
Documentário, 1h16

Na prisão de segurança máxima de Rebibbia, em Roma, um grupo de presos encena a peça “Júlio César”, de William Shakespeare. Pelos corredores, fala-se de morte, liberdade, vingança. Realidades presentes no texto shakespeariano, mas também nas próprias histórias dos presos.

20 Março 2014

XEQUE-MATE
Joueuse
Caroline Bottaro
França, Alemanha, 2009
Comédia Dramática, 1h37

Héléne (Sandrine Bonnaire) é empregada de quarto numa pensão da Córsega e repete todos os dias as mesmas tarefas numa vida monótona dividida entre o trabalho, o marido Ange (Francis Renaud) e a filha Lisa (Alexandra Gentil) de 15 anos. Um dia entrevê um casal de hóspedes americanos a jogar xadrez e fica seduzida pela imagem e pelo jogo. O senhor Kröger (Kevin Kline), habitante soturno, ensina-a a jogar. O jogo, onde se pode perder ou ganhar, mudará a sua vida e na aldeia passa a ser conhecida como “a maluquinha do xadrez”

27 Março 2014

ITALIANO PARA PRINCIPIANTES
“Italiensk for begyndere”
de Lone Scherfig
Dinamarca, 2002
Comédia Dramática, 1h58

Um curso de italiano vai funcionar para seis personagens frágeis e solitárias como uma espécie de catalisador que as conduzirá ao encontro do amor, vivido à típica maneira italiana. Estas personagens são Andreas (Anders W. Berthelsen), jovem padre viúvo, Jørgen Mortensen (Peter Gantzler), recepcionista de hotel, Olympia (Anette Støvelbæk), empregada numa pastelaria, Karen (Ann Eleonora Jørgensen), cabeleireira, Finn (Lars Kaalund), empregado de mesa num restaurante que, quando é despedido, substitui o professor de italiano que morre entretanto, e Giulia (Sara Indrio Jensen), colega de Finn no restaurante.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *