yazilimweb tasarim

NOV2014 – Ciclo Cinema Português Contemporâneo

O ciclo de cinema para este mês é dedicado ao cinema português recente. Os filmes a apresentar são os seguintes: Gaiola Dourada de Ruben Alves (2013), É o amor, de João Canijo (2014) a 6 Novembro, Vou para casa, de Manoel de Oliveira (2001) a 13 Novembro, O julgamento, de Leonel Vieira (2007) a 20 Novembro, Aquele querido mês de Agosto (2008) a 27 Novembro.

30 Outubro 2014

A Gaiola Dourada
França / Portugal
2013 • cor • 90 min

Realização: Ruben Alves
Produção: Laetitia Galitzine, Hugo Gélin
Argumento: Ruben Alves
Elenco:
Rita Blanco
Joaquim de Almeida
Roland Giraud
Chantal Lauby
Barbara Cabrita
Lannick Gautry
Maria Vieira
Jacqueline Corado
Jean-Pierre Martins
Nicole Croisille
A Gaiola Dourada (título original em francês: La cage dorée) é um filme francês de comédia, escrito e realizado pelo luso-francês Ruben Alves, que retrata a comunidade de emigrantes portugueses radicados em França.
O filme estreou em França a 24 de abril de 2013, tendo estado 22 semanas em exibição e alcançado os 1 228 950 espectadores.1 Já em Portugal foi estreado no dia 1 de agosto de 2013, tendo alcançado a posição de filme mais visto do ano com 755 227 espectadores e 3 881 917,07 € de receita bruta.
Maria e José Ribeiro são um casal de emigrantes portugueses que vivem há mais de 30 anos, em França, na casa de porteira de um prédio situado num luxuoso bairro em Paris.
Maria é a porteira e José, seu marido, é um trabalhador da construção civil. São um casal acarinhado pelos franceses, devido à honestidade, simplicidade e humildade mas também porque nunca se recusaram a ajudar quem lhes pedisse ajuda.
Certo dia, José recebe a notícia de que irá ser herdeiro de uma grande herança do seu irmão que vivia em Portugal e a vida daquele pacato casal transforma-se radicalmente: é a grande oportunidade de regressarem ao país de origem, sonho que há muito aspiravam.
Mas há um grande entrave: a família Ribeiro tornou-se imprescindível para todos, mas em especial para os patrões que não pretendem o seu regresso a Portugal, tal como a restante família, e todos decidem arranjar um plano à sua maneira. Então há grande reviravolta na vida daquele casal e surge cada vez mais dúvidas e incertezas… e é aqui que a história começa a formar-se.

6 Novembro 2014

É o amor
João Canijo
Drama Portugal, 2013 2h15m
Em Caxinas, freguesia de pescadores em Vila do Conde, cidade do Norte de Portugal, a relação entre a mulher e o pescador funda-se numa confiança vital, numa dependência recíproca e total para a sobrevivência da família. Porque a mulher confia e depende do pescador para ganhar a vida, e o pescador confia e depende da mulher para governar a vida. Neste filme acompanhamos um grupo de mulheres das Caxinas no seu dia-a-dia, no trabalho quotidiano e com a família. Com a ajuda de uma atriz que se torna mais uma entre as mulheres das Caxinas.

13 Nov 2014 Vou para casa
Manoel de Oliveira
Drama Portugal, 2001 1h30

Gilbert Valence (Michel Piccoli) é um ator de teatro, e o seu talento e a sua carreira deram-lhe os papéis mais importantes que um ator pode desejar. Uma noite, no fim de uma representação, a tragédia irrompe na sua vida; o seu agente e velho amigo, George (Antoine Chappey) diz-lhe que a sua mulher, a filha e o genro acabaram de falecer num acidente de viação. O tempo passa, a vida volta à normalidade. Gilbert Valence partilha agora o seu tempo entre o seu neto, que adora, e o teatro.
Algum tempo mais tarde, o seu agente propõe-lhe um papel de protagonista num telefilme com os ingredientes em moda: droga, sexo e violência. E ele zanga-se: não teve a carreira que teve para agora aceitar comprometer-se num trabalho que lhe repugna totalmente, sob o pretexto que ganhará muito dinheiro.
Mas no dia em que um realizador americano lhe propõe fazer Ulisses, uma adaptação de Joyce, ele aceita com entusiasmo. No estúdio, com a iluminação e o décor instalados, o realizador sugere um ensaio: Gilbert Valence tem algumas hesitações, algumas falhas de memória, mas isso não é muito grave: retomarão no dia seguinte. Mas no dia seguinte, em plena rodagem, o velho ator sente o mundo escapar-se-lhe, e não consegue enfrentar a realidade. O texto foge-lhe?

20 Novembro 2014

 

O julgamento
Leonel Vieira
Drama Portugal, 2007 1h50

Quatro amigos, Jaime (Júlio César), Miguel (José Eduardo), Henrique (Henrique Viana) e, Marcelino (Joaquim Nicolau) conhecem-se na juventude, em pleno Estado Novo. Os laços vão-se fortalecendo até se tornarem mais unidos do que irmãos. Quando, em 1970, os quatro amigos são presos pela PIDE, pelas ideias liberais e revolucionárias que apresentam, Marcelino morre vítima dos métodos usados por essa polícia, algo que perturba bastante os restantes.
37 anos depois, uma casualidade faz com que Jaime e Miguel reencontrem o chefe da PIDE da época das suas prisões, José Mendes Oliveira (Carlos Santos), entretanto com nova identidade e vida refeita. Assim que se apercebem de quem têm diante, preparam uma cilada para raptarem o ex-PIDE e, mantê-lo em cativeiro numa casa isolada e, assim, à força, fazerem com que ele revele como o amigo comum Marcelino morreu. Mas a tortura exercia pelos dois revoltosos acabará por ser maior do que a exercida neles pela PIDE e, amigos comuns que nada tinham a ver, involuntariamente, vão-se envolvendo no esquema.

27 Nov 2014

Aquele querido mês de Agosto
Miguel Gomes
Documentário, Drama Portugal, 2008 2h30

Ficção invadida pelo documentário, seria a história de um pai, a filha e o primo dela, músicos de uma banda de música popular a tocar pelas aldeias do Portugal profundo, em que imigrantes regressados à terra se cruzam com populares, entre festa e baile, cerveja, jogos e caçadas, durante o quente mês de Agosto. Seria a história e não é, porque realizador e equipa técnica irrompem pelo filme dentro, em vez de irem diretamente ao assunto, e se misturam com atores não profissionais, entre os quais Sónia Bandeira e Fábio Oliveira. O filme conta ainda com a participação de Luís Marante, cantor do Agrupamento Musical Diapasão.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *