Flotilha por Gaza

Loading Map....

Data / Hora
Date(s) - 21/06/2018
18:30 - 23:30

0

Localização
Fábrica De Alternativas

Categorias


Entre 19 e 22 de Junho vão estar na Marina de Cascais as embarcações «Freedom» (Liberdade) e «Al-Awda» (O Retorno) que integram a Flotilha da Liberdade 2018 que partiu da Suécia e da Noruega e tem como destino Gaza.
 
Quinta-feira dia 21 virão até à Fábrica de Alternativas às 18:30 para uma conversa entre os membros da Flotilha e todos os que desejarem saber mais sobre a situação na Palestina e sobre a própria viagem. Uma ampla participação de todo(a)s permitirá que os membros da Flotilha levem ao povo palestino um forte testemunho da solidariedade do povo português.
18H30 – Conversa com membros da flotilha
20H00 – Jantar Palestiniano
21H30 – Filme sobre a situação na Palestina
 
Quem não puder estar presente na Fábrica pode consultar o programa completo no final deste texto
 
SOBRE A FLOTILHA DA LIBERDADE
 
A Coligação da Flotilha da Liberdade (Freedom Flotilla Coalition – FFC) é um movimento humanitário, composto por pessoas do mundo inteiro que trabalham juntas para acabar com o bloqueio ilegal e desumano imposto à população da Faixa de Gaza e para exigir a liberdade de movimento para todo o povo palestiniano. Esta coligação formou-se em 2009 para coordenar acções e campanhas locais contra o bloqueio imposto sobre um território povoado por dois milhões de pessoas. Cada ano, desde 2009, a Coligação da Flotilha da Liberdade procura romper o cerco a Gaza levando bens e esperança à população e lembrando ao Mundo como este cerco é desumano. Este ano navega com o lema: UM FUTURO JUSTO PARA A PALESTINA
 
FAIXA DE GAZA – A MAIOR PRISÃO A CÉU ABERTO
 
A Faixa de Gaza situa-se à beira do Mar Mediterrâneo. É um território de 365 km2, onde vivem cerca de 2 milhões de pessoas submetidas a um bloqueio desumano desde 2007, em que o governo sionista de Israel exerce controlo a todos os níveis: entradas de bens alimentares e médicos, circulação de pessoas, controlo do mar, do ar e da terra, controlo do fornecimento da electricidade, controlo da entrada de materiais de construção e de todo o tipo de equipamento.
 
Hoje na Faixa de Gaza, a população tem 4 horas de ectlericidade por dia. Não tem água potável nas torneiras. Os pescadores estão limitados a 6 ou 3 milhas náuticas. O mar está poluído devido à falta de electricidade e de materiais de construção para concluir as estações de tratamento das águas dos esgotos. A população da Faixa de Gaza está sujeita a repetidos e aleatórios bombardeamentos nos limites arbitrários das suas fronteiras e nos limites flutuantes das milhas náuticas impostas, impedindo camponeses e pescadores de colher os frutos para a sua subsistência.
 
São 11 anos de prisão e repetidos massacres com consequências devastadoras em termos humanos e ambientais.
 
Os massacres de 2008-2009 (Operação Chumbo Fundido) deixaram 1400 mortos, 60.000 casas destruídas e 20.000 pessoas sem lar;
 
O ataque de 2012 (Operação Pilar Defensivo) fez 174 mortos e 10.000 casas destruídas;
 
A carnificina de 2014 (Operação Margem Protectora) resultou em 2251 mortos, 171.000 casas destruídas, 17.800 casas totalmente inabitáveis e 100.000 pessoas sem lar;
 
A repressão mortífera exercida pelo exército israelita desde 30 de Março de 2018, dia da Marcha do Regresso (Dia da Terra) deixou, até agora, 135 pessoas assassinadas e mais de 14.605 feridas (Fonte OCHA).
 
PROGRAMA
 
Terça-feira 19 de Junho
 
Chegada dos barcos «Freedom» e «Al Awda»
Concentração junto à Marina de Cascais a partir das 17:00
Sambacção/ROR (presença a confirmar)
 
Quarta-feira 20 de Junho
 
18:30 Sessão pública na Associação José Afonso, Rua de São Bento nº 170, Lisboa, com a presença e participação de membros da Plataforma de Apoio à Flotilha 2018, MPPM, Representante do Grupo Parlamentar de Amizade Portugal-Palestina, Membros da Flotilha da Liberdade
Coro da Achada (presença a confirmar)
 
Quinta-feira 21 de Junho
Conferência de Imprensa 11:00 junto da Marina de Cascais a bordo do veleiro “Freedom”.
Entrevistas a partir das 14:15 (marcação prévia)
18:30 Conversa com membros da Flotilha na Fábrica das Alternativas,Rua Margarida Palla nº 19A, Algés
19:00 Conversa com membros da Flotilha na RA Arroios 100 – Rua de Arroios nº 100, Lisboa
 
Sexta-feira 22 de Junho
Partida dos barcos da Marina de Cascais com destino a Cádis.
Concentração junto à Marina a partir das 8:00
Sambacção/ROR (presença a confirmar)
19:00 Benefit Flotilha na Disgraça, Rua da Penha de França nº 217A/B, Lisboa.
Programa provisório: jantar, curtas metragens, concerto, apresentação da Flotilha, lançamento das Folhas Soltas do GAP nº 9, apelo a participação Folhas Soltas nº 10 (…)
 
PARA MAIS INFORMAÇÕES
 
Freedom Flotilla Coalition: https://freedomflotilla.org
MPPM: mppm.palestina@gmail.com
CSP: comitepalestina@bdsportugal.org
GAP: accao.palestina@gmail.com
GERA: ervarebelde@riseup.net

Deixar uma resposta