India in Motion and the emotions it causes on us, exposição de fotografia de Ana Penha

Loading Map....

Data / Hora
Date(s) - 20/08/2020 - 31/10/2020
Todo o Dia

0

Localização
Fábrica de Alternativas

Categorias


A Ana Penha sempre teve muita afinidade com as ciências, em particular as ciências naturais. É engenheira do ambiente. Porém, com o avançar dos anos, as artes e a necessidade de abstração têm vindo a reclamar mais espaço e tempo da sua vida. A fotografia é para a Ana um hobby. São muitas as fotografias que capta mentalmente no dia-a-dia, mas é nas viagens que esse hobby desperta, ganha vida, vinga. A viagem à Índia aconteceu por um acaso, e sem demasiadas expectativas – eram muitos os relatos de sujidade e caos de um país sobrelotado… Esses relatos esbatiam um outro – o das cores da Índia! Um equívoco. Na verdade, na viagem à Índia, as cores não foram esbatidas por coisa alguma. Sobressaíram as cores e manifestaram-se as emoções. Emoções trazidas por gestos, movimentos, rituais, rotinas, trabalho… Talvez as consiga sentir através destas imagens.

Nota: Privilegiando o produto nacional, o título da exposição ser em inglês requer uma explicação… uma explicação tripla: a fonética das palavras em causa (motion/emotion); a abrangência do público expectável; e… o inglês é uma língua unificadora da Índia.

Nota biográfica A Ana Penha já participou com fotografias em algumas exposições e publicações. Foi co-vencedora do concurso “A Terra como um Jardim”, promovido pelo Descobrir – Programa Gulbenkian Educação para a Cultura e Ciência. Estas são algumas fotografias que estiveram patentes na Fábrica Braço de Prata, no Verão de 2017, a sua primeira exposição individual, e na Casa da Cultura dos Olivais no Inverno de 2018. E-mail penhitaemcasa@yahoo.com

A exposição pode ser vista in situ de 5 de Setembro a 30 de Setembro, às terças, quartas e quintas, das 17h às 19h, e aos domingos, das 16h às 20h.

e on-line aqui a partir de 20 de Agosto. Clique no ícone de ecrã completo no canto superior direito. Depois é só clicar nas setas de navegação da exposição.

[English version] Ana Penha has always had affinity with sciences, particularly natural sciences. She is an environmental engineer. However, as time goes by, the arts and the need for abstraction have been demanding more of her life. Photography is a hobby for Ana. She captures many photographs with her mind in everyday life, but it is in her journeys that this hobby awakens, comes alive, flourishes. The trip to India happened by chance, and without too many expectations – there were many reports of filth and chaos in an overcrowded country… These reports blurred another one – the colours of India! It was a misunderstanding. In fact, in the journey to India the colours were not dimmed by anything. They stood out and the emotions emerged, emotions brought by gestures, movements, rituals, routines, work… Maybe you can feel them through these images.

Biographical note  Ana Penha has already participated with photographs in some exhibitions and publications. She was co-winner of the contest “The Earth as a Garden”, promoted by Discover – Gulbenkian Education Program for Culture and Science.

Deixar uma resposta