Jorge Ferraz + Cellarius Noisy Machinae: “Glitchy Machines contra Guerras Coloniais”

Loading Map....

Data / Hora
Date(s) - 14/01/2023
22:00 - 23:30

0

Localização
FÁBRICA DE ALTERNATIVAS

Categorias


JORGE FERRAZ & CELLARIUS NOISY MACHINAE

apresentam

Glitchy Machines contra Guerras Coloniais

Um concerto e espectáculo multimédia feito de
– guitarTRónica
– vídeos manipulados e magoados
– falsa aventuras no jazz com electrónica ambiental, programações e guitarras glitchy
– sabotadas canções de adeus com ruídos e free-rock lá dentro
– cenografia mutante
– sonhos irresponsáveis sobre o futuro
– poemas-slogans
Em cena:
-Jorge Ferraz: guitarra, programações, electrónica
– Vítor Inácio: criação e projecção vídeo e VJ
– Carlos Miguel Ferreira: performer, artista visual, criação vídeo e criação e manipulação de cenografia

“Glitchy Machine contra Guerras Coloniais” é uma adaptação única para espectáculo ao vivo do encontro entre o mais recente álbum de Jorge Ferraz (Colonial Wars, 2021) e o que está a preparar para lançar em 2023, conjuntamente com a criação visual (cenografia, videoclips e filmes) desenhada pelos Cellarius Noisy Machinae em articulação com esses projectos musicais.

Biografias:

– Sobre Jorge Ferraz:
Guitarrista (embora trabalhe com variado equipamento electrónico e digital, a guitarra e a guitartrónica são a sua grande obsessão), compositor e produtor, em actividade desde 1983. Fundou e liderou alguns bandas portuguesas underground com destaque para Santa Maria, Gasolina em Teu Ventre! (cujo primeiro disco foi considerado em 1998, num trabalho conjunto do Público e da FNAC, um dos melhores discos da música popular portuguesa de 1960 a 1997), Ezra Pound e a Loucura, ou Fatimah X. Em 2006 passou a trabalhar em nome próprio, tendo publicado, desde então, três álbuns (em 2008, 2010 e 2018). Edita agora em formato digital e como edição de autor o seu quarto álbum em nome próprio
Em 2014, no número comemorativo dos 30 anos da revista Blitz, foi considerado um dos melhores 30 guitarristas portugueses dos últimos 30 anos.

Foi ainda cofundador da efémera banda João Peste & o Acidoxibordel que reuniu, entre outros, músicos dos Pop Dell’Arte e dos Santa Maria, Gasolina em Teu Ventre!, bem como o saxofonista Rodrigo Amado.
Foi produtor dos seus discos a solo e da maioria das edições das bandas que integrou.
Foi ainda co-produtor do EP “So Goodnight” dos Pop Dell’Arte (editado em 2002)) e produtor do álbum “You’re Not Human Tonight” dos The Great Lesbian Show (editado em 2008).

– Sobre Cellarius Noisy Machinae
– Vítor Inácio:
Antigo baixista e co-autor de um número significativo de canções de bandas de culto, conjuntamente com Jorge Ferraz, como "Ezra Pound e a Loucura", “Bye-Bye Lolita Girl”, “Santa Maria, Gasolina em Teu Ventre!” and "God Spirou. Em 1997 abandonou a actividade muiscal e começou a aprofundar a criação de vídeos experimentais e VJ.

– Carlos Miguel Ferreira:
Artista visual com trabalhos na área da pintura, escultura, cenografia e, mais recentemente, videoarte.

Deixar uma resposta